Energia Renovável e Sustentabilidade

O que é sustentabilidade?

Ouvimos as palavras “sustentável” e “sustentabilidade” quase todos os dias . Mas o que isso significa     exatamente? É sobre o povo e a cultura, nosso ambiente ou empregos e dinheiro ? É sobre cidades ou do país ? É sobre eu e você , ou é algo para outras pessoas que se preocupar ?

Sustentabilidade é sobre todas essas coisas e muito mais.

Sustentabilidade pode ser definida como uma habilidade ou capacidade de algo a ser mantido ou para   se sustentar. Trata-se de tomar o que precisamos para viver agora , sem comprometer a possibilidade     de as pessoas , no futuro, para satisfazer as suas necessidades.

Se uma atividade diz-se ser sustentável , ele deve ser capaz de continuar indefinidamente .

Algumas pessoas dizem que é fácil de reconhecer as atividades que são insustentáveis, porque sabemos que quando a vemos. Pense de extinção de algumas espécies de animais, muitas vezes devido às atividades dos seres humanos. Ou salinidade (sal) em nossos rios, devido às práticas de manejo da terra mudou . E em casa, a quantidade de embalagens que você colocar no lixo que tem de ir para aterros sanitários.

Viver de forma sustentável é sobre a vida dentro do meio de nossos sistemas naturais (meio ambiente) e garantir que nosso estilo de vida não prejudicar outras pessoas ( sociedade e cultura).

Energia Renovável e Sustentabilidade é o fornecimento sustentável de energia que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras satisfazerem as suas necessidades.
Tecnologias que promovam a energia sustentável incluem fontes renováveis de energia, como hidreletricidade, energia solar, energia eólica, energia das ondas, energia geotérmica, fotossíntese artificial e energia das marés, e também tecnologias destinadas a melhorar a eficiência energética.

 Como saber se você contribui para a sustentabilidade do planeta?

Faça na sua casa

No seu dia-a-dia, o consumidor doméstico pode adotar uma série de medidas simples, mas que no final do mês podem se converter numa boa economia de energia. Veja a seguir algumas dicas para baixar o consumo:

Chuveiro

O chuveiro elétrico é um dos aparelhos que mais consomem energia. O ideal é evitar seu uso em horários de maior consumo (entre 18 h e 20 h; no horário de verão, entre 19 h e 20h30);

Quando o tempo não estiver frio, procure usar o chuveiro com a chave na posição verão (morno);

O consumo é 30% menor do que na posição inverno;

Tente limitar seus banhos em aproximadamente cinco minutos.Feche o chuveiro enquanto se ensaboa.

Máquinas de lavar e ferro elétrico;

Se usar máquinas de lavar louças e roupas, ligue-as somente com toda a sua capacidade preenchida;

Habitue-se a juntar a maior quantidade possível de roupas para passá-las de uma só vez;

Se o ferro for automático, regule sua temperatura. Passe primeiro as roupas delicadas, que precisam de menos calor. No final, depois de desligá-lo, você ainda pode aproveitar o calor para passar algumas roupas leves.

Geladeira e freezer

De forma geral, esses equipamentos são responsáveis por cerca de 30% do consumo de uma residência. Na hora de comprar, leve em conta a eficiência energética certificada pelo selo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica) e dê preferência aos que utilizam gases inofensivos à camada de ozônio (livres de CFCs);

Evite a proximidade com o fogão, aquecedores ou áreas expostas ao sol; No caso de instalação entre armários e paredes, deixe um espaço mínimo de 15 cm dos lados, acima e no fundo do aparelho;

Evite abrir a porta da geladeira em demasia ou por tempo prolongado;

Deixe espaço entre os alimentos e guarde-os de forma que você possa encontrá-los rápida e facilmente;

Não guarde alimentos e/ou líquidos quentes, nem recipientes sem tampa na geladeira;

Não forre as prateleiras com vidros ou plásticos, pois isso dificulta a circulação interna de ar;

Faça o descongelamento do freezer periodicamente, conforme as instruções do manual, para evitar que se forme uma camada com mais de meio centímetro de espessura;

No inverno, a temperatura interna do refrigerador não precisa ser tão baixa como no verão;

Regule o termostato;

Conserve limpas as serpentinas (as grades) que se encontram na parte de trás do aparelho e não as utilize para secar panos, roupas etc..

Quando você se ausentar de casa por tempo prolongado, esvazie o freezer e a geladeira e deixe-os desligados.

Lâmpadas

Na hora de comprar, dê preferência a lâmpadas fluorescentes (ou LED), compactas ou circulares, para a cozinha, área de serviço, garagem e qualquer outro lugar da casa que fique com as luzes acesas por mais de quatro horas por dia. Além de consumir menos energia, essas lâmpadas duram mais que as comuns. Não se esqueça, porém, de que essas lâmpadas contêm substâncias químicas que podem ser prejudiciais à saúde se não forem descartadas adequadamente. O melhor é entregar nos locais de venda, quando possível;

Evite acender lâmpadas durante o dia. Aproveite melhor a iluminação natural abrindo bem as janelas, cortinas e persianas. Apague as lâmpadas dos ambientes que estiverem desocupados;

Uma boa dica para quem vai pintar a casa é usar cores claras nos tetos e paredes – elas refletem melhor a luz, reduzindo a necessidade de luz artificial;

Periodicamente, faça a manutenção das instalações elétricas. Fios mal encapados, desencapados e mal isolados causam fuga de corrente.

Televisão

Quando ninguém estiver assistindo, desligue o aparelho;

Não durma com a televisão ligada. Mas se você se acostumou com isso, uma opção é recorrer ao timer (temporizador) para que o aparelho desligue automaticamente.

Ar-condicionado

Na hora da compra, escolha um modelo adequado ao tamanho do ambiente em que será utilizado;

Prefira os aparelhos com controle automático de temperatura e dê preferência às marcas de maior eficiência (selo Procel);

Na instalação, procure proteger a parte externa da incidência do sol (mas sem bloquear as grades de ventilação);

Quando o aparelho estiver funcionando, mantenha as janelas e as portas fechadas;

Desligue-o quando o ambiente estiver desocupado;

Evite o frio excessivo, regulando o termostato;

Mantenha limpos os filtros do aparelho, para não prejudicar a circulação e a qualidade do ar.

Aquecedor (boiler)

No momento da compra, escolha um modelo com capacidade adequada às suas necessidades e leve em conta a possibilidade do uso de energia solar;

De preferencia a aparelhos com bom isolamento do tanque e com dispositivo de controle de temperatura;

Ao instalar, coloque o aquecedor o mais próximo possível dos pontos de consumo;

Isole com cuidado as canalizações de água quente;

Ao utilizar, ajuste o termostato de acordo com a temperatura ambiente;

Ligue o aquecedor apenas durante o tempo necessário: se possível coloque um timer para que essa função se torne automática

Obs.: os valores indicam porcentagens de energia economizada em relação ao aparelho ou serviço antes da mudança.

É possível melhorar o ambiente mudando hábitos do cotidiano .
VEJA QUANTA ENERGIA VOCÊ PODE ECONOMIZAR COM PROCEDIMENTOS SIMPLES E TROCA POR EQUIPAMENTOS SEMELHANTES

Economize água;

Prefira produtos biodegradáveis;

Procure alimentos orgânicos;

Consuma menos carne;

Não crie animais silvestres;

Cultive áreas verdes;

Diminua o uso de embalagens;

Leia os rótulos com atenção;

Evite produtos descartáveis;

Economize energia;

Recicle lixo;

Tenha cuidado com resíduos perigosos;

Evite transporte individual;

Compre carros eficientes;

Exerça seus direitos: A solução para problemas ambientais quase sempre depende de políticas públicas, como transporte urbano,saneamento básico ou leis que obriguem fornecedores a dar um destino para produtos e embalagens. è importante se informar e participar de campanhas.ONGs especializadas e associações de bairro costumam ajudar nessas horas.

Comments are closed